Follow by Email

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Fariseu - Saduceu - Escriba - Essenio

Artigos e Ministrações



Fariseu - Saduceu - Escriba - Essenio
Fariseu - Saduceu - Escriba - EssenioFARISEU – quer dizer separado 

Nome de uma das três principais seitas judaicas juntamente com saduceus e essênios. Era a seita mais segura da religião judaica. Foi criada no fim da guerra dos Macabeus. Lutavam contra os costumes pagãos, entre eles o costume Helênico, naquela época em difusão no País. Observavam a Lei Mosaica ao extremo e resistiam aos que não a observavam. Sustentavam a doutrina da predestinação que julgavam ser compatível com o livre arbítrio. Criam na imortalidade da alma, na ressurreição do corpo e na existência do espírito. Criam nas recompensas e nos castigos futuros, de acordo com o modo de viver neste mundo. Acreditavam que as almas dos ímpios eram lançadas em prisões eternas, enquanto que as dos justos, revivendo, iam habitar em outros corpos.


SADUCEUS - era um Partido oposto a seita dos fariseus

Os ricos e de boa reputação social aqui eram em número reduzido. Suas crenças:

Negavam a ressurreição e o Juízo futuro. Afirmavam que a alma morre com o corpo. Negavam a existência de anjos ou de espíritos. Que Deus não intervém em nossos atos sejam eles bons ou maus. Que os atos bons, são bons, porque queremos que sejam bons e não porque Deus manda. Negavam a imortalidade e a ressurreição. Adotaram princípios Aristotélicos (ensinos do filósofo Aristóteles) típicos da crença Grega. Diz a história que tiveram a sua origem nos descendentes de ZADOQUE que com o fim da guerra dos Macabeus, foram retirados e lançados às fileiras políticas da época. Assim deixaram ensinamentos espirituais e colocaram a política acima da religião.


ESCRIBAS -

Era um NOTÁRIO PÚBLICO. Igual ao Tabelião onde se lavra documentos Públicos. Escreviam o que pediam e ditavam. Faziam cópias do livro da Lei. Homens encarregados da escrita. Tiveram parte ativa na condenação de Jesus. Desprezavam seu ensinamento. Interpretavam a lei. Chamados de doutores da Lei. Ministravam para certo número de discípulos (deles). Aliaram-se aos fariseus na questão da ressurreição.


ESSENIOS –

Era uma comunidade que observava a lei rigorosamente. Tinham sua própria sinagoga. Uma parte morava no deserto. Eram muito cultos e tinham padrão moral elevadíssimo. Eram também escritores e copiadores da lei. Diz uma certa seita que opera no Brasil que Jesus aprendeu com esses Essênios no período entre seus 12 e 30 anos de idade. Com o que não concordamos porque Jesus nunca foi reconhecido como um deles, mas foi reconhecido como o filho do carpinteiro. Sendo mais correto afirmar que gastou o tempo nesse período nos afazeres profissionais de seu pai, por era “homem experimentado nos trabalhos”, antes de ser “culto”.


Autor: Pastor Moisés

Um comentário:

  1. Oi,
    Ricardo, está bonite seu blog e agradável vir aqui.
    Prefiro ler o que posta,tudo bem?
    Gosto tb de aprender e assimilar em silêncio.
    As vêzes fico a pensar: O que me faz me ligar em você?
    Isto é tão estranho, que fico a rir e me dá uma coisa muito legal, alegre e nem sei te explicar, sabe?risos
    Mas é algo maior que o contato material, coisa que não sei explicar, mas gosto de você.
    Sigo orientações diferentes do que acredita e posta aqui,mas vc é o único que consigo entrar e me sentir bem.
    Como te disse, um quê que me faz compreender o que preciso entender.
    Mas não me confronte, deixe -me confortar,posso entrar e ler em silêncio e sair em silêncio com algo de bom.
    Falar de Deus é imprescindível Ri.
    Veja só, uma polaridade, mas somos como que irmãos, te encontrar não foi por acaso. Gosto muito de você
    Que Deus te abençoe e parabéns.
    Estou de olho e saiba que tem quem estará em silêncio te observando.
    Fui

    ResponderExcluir